Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GESTÃO HOTELEIRA

A Hotelaria na sua vertente técnica

A Hotelaria na sua vertente técnica

O Hotel do Futuro na Feira Alimentaria e Horexpo

o52a0523.jpg

O Live Innovation Hotel  foi o repto lançado pela FIL a várias profissionais de design no âmbito da Alimentaria & Horexpo Lisboa, Salão Internacional da Alimentação, Hotelaria e Tecnologia para a Indústria Alimentar que decorreu  entre 24 e 26 de março.

 

Depois do sucesso da última infinitiva, ‘O mais português hotel do mundo’, a inovação assume o protagonismo este ano. O objetivo é sensibilizar os players  do setor para a excelência dos produtos portugueses, para a importância do processo criativo e para a contratação de profissionais para a apresentação de soluções inovadoras e marcas existentes no mercado.  Evidenciar a inovação na decoração de interiores e nos produtos e serviços de hotéis (como mobiliário, revestimentos, iluminação, têxteis decorativos, produtos de mesa, entre outros), é outro dos pilares deste desafio.

 

Alexandra Madeira, Carla Gago, Patrícia Catalão, Marco Paiva e Margarida Bugarim foram os profissionais que aceitaram o desafio e deram corpo a este projeto.

 

Margarida Bugarim foi a responsável pela sala-de-estar. À arquiteta Alexandra Madeira coube a conceção da receção, lobby e sala de estar. “Ao chegar ao hotel o cliente escolhe e configura a sua estadia a partir de dispositivos digitais a que tem acesso no balcão de receção e a que corresponde uma resposta em imagem num conjunto de écrans –dispositivos que lhe permitem alterar e otimizar a solução que pretende para o ambiente do alojamento”,explica.

 

A sala de conferências e reuniões e lounge deste hotel nasceram pelas mãos de Carla Gago, empresária formada em arquitetura de interiores e decoração. A profissional acredita que a tecnologia é uma mais-valia no setor uma vez que permite a criação de espaços diferentes e inovadores. “Hoje em dia querem-se hotéis inteligentes que satisfaçam as necessidades dos clientes que vão para além do sítio onde se passa a noite. O maior desafio para a conceção de um espaço multifuncional é fazer com que as diferentes áreas comuniquem”, aponta.

 

A Marco Paiva, coube a criação do espaço da cozinha.

 

Já a arquiteta Patrícia Catalão, responsável pelo jardim e bar de apoio, assume que criar um terraço inovador, que “fique na memória de quem o visita” é um dos principais desafios. “Tenho como objetivo criar dois ambientes diferentes que se complementam, mostrando a interação entre a natureza, elementos tradicionais da arquitetura portuguesa, materiais e peças de decoração atuais e tecnologia”, atesta.

 

O projeto é aliciante para todas as profissionais que assumem que este em nada se compara ao repto anterior, ‘O mais português hotel do mundo’. “O que se pretende com o Live & Innovation Hotel é fazer uma pequena mostra de como os espaços estão a mudar, tendo em conta as novas tecnologias e a maneira de viver e usar os espaços comuns de um hotel”, conclui Carla Gago.

 

In www.publituris.pt 

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D